Luiz Eduardo Boudakian

nasceu em 21 de outubro de 1960 no bairro da Pompéia em São Paulo-SP
De família humilde, pai feirante e mãe costureira foi criado entre quatro irmãos, onde Luiz e seu irmão Sérgio herdaram um problema no sistema nervoso central decorrente de uma alteração genética.

Luiz viveu parte de sua infância como a de qualquer criança.

Aos quatro anos de idade, a doença começou a se manifestar, e a partir daí, passou a ter dificuldades com a fala e a coordenação motora.

Iniciou seus estudos em escolas estaduais, tendo dificuldades na sua alfabetização e no acompanhamento das matérias.

Além disso, encarava o dilema de aceitação, adaptação e vida social.

No último ano de seu Ensino Fundamental, perdeu seu pai com um câncer que lhe tomou todo o corpo.

Luiz, por mais que sentisse a perda, transformou o objetivo de completar o fundamental num objetivo, pois também era o sonho de seu pai.

Passaram-se alguns anos e a dificuldade financeira começou a afetar os tratamentos a que Luiz e seu irmão Sérgio eram submetidos.

A renda de sua mãe já não era o bastante para sustentar a casa e a saúde.

Com isso, Luiz iniciou a busca de emprego para que continuasse seus tratamentos e sustentasse a casa, porém, devido à sua limitação não conseguiu nada.

Foi com essa exclusão no mercado de trabalho que iniciou palestras em escolas, com um único objetivo de transmitir a mensagem de valorização da vida, de que devemos viver cada dia como se fosse o último, independente das circunstâncias que a vida nos dá!

Com o aumento na procura de palestras, o Projeto tomou forma, e se tornou uma verdadeira campanha de corrente do bem, o Projeto Aprendendo a Viver - Campanha de Valorização da Vida.

Ajudou com sua mensagem, jovens a sair de drogas, famílias a ficarem unidas, equipes de trabalho a prestar os serviços com sinergia, e diversas pessoas a darem mais valor a vida.

Luiz em suas palestras procura mostrar como é importante essa questão de agir em equipe e ter uma relação familiar saudável.

Motiva as pessoas a não desistirem dos seus sonhos, a agradecerem as coisas que conquistam, ou abrir a mente e perceberem que determinados fatores podem se tornar oportunidades e aprendizados.

E são com suas palestras e a venda de seus produtos que mantêm as despesas da casa, e principalmente seus tratamentos.

O projeto já recebeu diversas premiações ao longo de sua jornada.

Mais do que nunca, Luiz tem a certeza de que nada acontece por acaso, e tem o sonho de tornar essa mensagem uma filosofia de vida, acessível a qualquer público, e de que principalmente as pessoas apliquem a mensagem no seu dia-a-dia.

Como dito acima, Luiz é portador de necessidades especiais decorrentes de uma alteração genética no sistema nervoso central, que afeta a coordenação motora, o equilíbrio e a fala.

Sua doença leva à degeneração cerebelar.

Não há cura e, com o passar do tempo, as dificuldades de locomoção e comunicação aumentam.

Portanto uma doença degenerativa.

Luiz Eduardo corre contra o tempo em nome do seu amor pela vida. Entre tratamentos, que passam pela fisioterapia, hidroterapia, cinesioterapia, hipoterapia e palestras, busca a aprender cada vez mais e ensinar o quão valioso é cada segundo de nossas vidas.

Através de palestras direcionadas principalmente ao público jovem, Luiz Eduardo explica a sua deficiência com o intuito de dar uma visão sobre suas limitações e dificuldades enfrentadas, enfatizando sempre a força espiritual.

Por que assistir a uma palestra?
Solidão, revolta, medo, insegurança...
Infelizmente, sentimentos tão naturais no mundo em que vivemos, onde vale mais a lei do cada um por si e a lei da violência.

Então não há saída?

O jeito é entregar-se?

É falar aos jovens que eles não têm por quê e nem porque lutar?

É dizer a eles que a melhor forma de viver é fugir da própria vida por meio dos vícios, das drogas e da cultura do desamor?

Dê uma chance a aqueles que querem viver. Permita que sintam sua própria importância no mundo. Que aprendam a se amar e amar aos que estão ao seu redor.

Uma boa forma de dar-lhes esta oportunidade é permitindo que conheçam alguém que aprendeu a viver com as limitações de uma deficiência física.

Durante suas palestras, Luiz Eduardo Boudakian, portador de uma doença que gradativamente dificulta-lhe as faculdades de locomoção e fala, ensina aos seus ouvintes a importância da vida, de cada ser, do amor e do respeito.

Com sua fé e suas palavras de esperança, Luiz conseguiu livrar adolescentes das drogas e melhorar o relacionamento de alguns jovens com seus pais.

Pague com
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Luiz Eduardo Boudakian - CPF: 033.893.778-16 © Todos os direitos reservados. 2017